A SBPC/ML (Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial), em conjunto com a SBAC (Sociedade Brasileira de Análises Clínica), a SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia) e a SBM (Sociedade Brasileira de Microbiologia) divulgaram um posicionamento alertando sobre a qualidade dos novos testes laboratoriais que estão surgindo devido a demanda pelo diagnóstico de coronavírus.

Até o atual momento a única metodologia de diagnóstico validada é a que usa a técnica de reação em cadeia da polimerase em tempo real, o RT-PCR (sigla em inglês para transcrição reversa seguida de reação em cadeia da polimerase). Este método fornece um diagnóstico conclusivo, ao contrário de outros métodos que ainda estão sendo avaliados quanto ao seu desempenho. Estes métodos também estão sendo avaliados quanto aos resultados quando realizados na fase aguda da doença.

Leia a íntegra do documento em: http://www.sbpc.org.br/wp-content/uploads/2020/03/Nota_EscassezDeReagente_DuranteCOVID-19.pdf